CARTA ABERTA AO COMPANHEIRO VALTER POMAR

Deixe um comentário

29 de maio de 2016 por Lucas Rafael Chianello

AEPrezado companheiro Valter Ventura da Rocha Pomar;

Minha relevância é ínfima.

Todos esses anos tem sido de luta pela sobrevivência.

Em especial quando deixei minha terra natal e fiquei, devido ao trabalho, afastado de tudo por um bom tempo.

Não é à toa que John Lennon cantava que “A working class hero is something to be.”

Numa dessas andanças te encontrei no ato de solidariedade ao Maduro, às vésperas da primeira eleição venezuelana após a morte do Chávez.

Estava morando perto de São Paulo e poderia executar o trajeto sem maiores dificuldades.

Porém, a militância não estava em dia, como ainda não está.

E como temos de ter responsabilidade naquilo que assumimos, decidi não assumir por determinado tempo a Articulação de Esquerda.

Nem eu, nem ela ganharíamos algo se na condição em que eu me encontrava eu dissesse que era da tendência.

Muito pelo contrário: prejudicaria uma coletividade de militantes se alguém, inativo, dissesse fazer parte de um grupo de ativos.

E por que, companheiro Valter, voltar à organicidade da Articulação de Esquerda?

Porque não adianta querer bancar o independente à essa altura.

Porque não adianta criar dissidência para, com todo respeito, votar no Rui Falcão e na velha Articulação.

Porque mais uma vez a Esperança é Vermelha numa época em que precisamos de Um Partido Para Tempos de Guerra, tese vencedora em Poços de Caldas (MG) na fase municipal da segunda etapa do V Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores.

Porque somente greve geral é o único negócio que se faz contra um governo golpista.

Porque as instâncias partidárias precisam voltar a funcionar.

O maior instrumento de luta da história da classe trabalhadora brasileira não pode se tornar um PMDB vermelho.

Até porque se é PMDB, então não é vermelho.

Acima de tudo, porque se a relevância é ínfima nada nos impede de mudar isso e sermos os fundamentais de quem falava Bertold Brecht.

Conte comigo e vamos juntos nessa luta.

Um abraço, companheiro!

Lucas Rafael Chianello.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: