SALÁRIO MÍNIMO: DILMA E AÉCIO NÃO SÃO FARINHA DO MESMO SACO

Deixe um comentário

30 de dezembro de 2015 por Lucas Rafael Chianello

Tanto por parte daqueles que não se importam com política, como por parte daqueles que permanentemente insistem em desqualificar o PT para assumir o protagonismo da esquerda e, aí sim, depois pensar em vencer a direita, ouve-se/lê-se o argumento preguiçoso de sempre: “No final, Dilma/Lula/PT e Aécio/FHC/PSDB são a mesma coisa.”

Não, não são.

Podemos até questionar o caráter ortodoxo da política econômica de Dilma Vana Rousseff (PT) no início de seu segundo mandato, bem como as posições iniciais do novo Ministro da Fazenda Nelson Barbosa em relação ao que se pretende a título de reformas trabalhistas e previdenciárias, algo que poderá lhe render a alcunha de Joaquim Levy 2.0. Mas uma eventual vitória de Aécio Neves da Cunha (PSDB/MG) nas últimas eleições com certeza faria o ajuste fiscal de Dilma parecer um programa econômico bolchevique para Revolução Russa.

Ontem, em coletiva de imprensa, o Ministro do Trabalho e Previdência Social Miguel Soldatelli Rossetto anunciou o aumento do salário mínimo em 11,67%, de R$ 788,00 para R$ 880,00, a partir de 1º de janeiro próximo.

Em contraposição a isso, é importante recordar o que disse Armínio Fraga Neto durante a campanha eleitoral:

Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central durante o governo FHC, seria o Ministro da Fazenda de Aécio.

No que pesem as corretas e pertinentes críticas à política econômica de Dilma, dizer que é a mesma que Aécio aplicaria beira a desonestidade intelectual.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: