O CICLO VICIOSO DA POLÍTICA BRASILEIRA

Deixe um comentário

21 de março de 2015 por Lucas Rafael Chianello

Por Maristela Alves, cidadã brasileira apaixonada pelo futebol holandês.

Pelo sistema político que vigora no Brasil desde a eleição do Collor, o Executivo não consegue fazer muita coisa sem ter maioria no Congresso. Como o sistema eleitoral atual privilegia candidatos que se comprometem com o poder econômico, é consequencia que o Congresso brasileiro tenha um viés de direita-cristã-demagoga-fisiológica-lobbysta. O partido que sintetiza isso é o nosso “querido” PMDB, bem consciente de seu poder, e que é expert em achaque, chantagens e patifarias de todo tipo. Em um governo mais voltado à esquerda, é preciso saber contornar isso com extrema habilidade política. Lula tinha isso. Dilma não tem – o que não é exatamente um defeito grave, mas em crises como essa a torna presa fácil dessas armadilhas que estamos vendo agora.

Se ela romper com a governabilidade, nas regras do jogo atuais, o país fica paralisado, ainda mais refém desse ajuntamento de canalhas que é o PMDB, para o deleite da oposição. Aí o Executivo tenta contemporizar, colocando um Armínio Fraga wannabe na Fazenda para fazer os tais ajustes (que até acho que são necessários) que são nocivos aos trabalhadores. O verdadeiro ajuste fiscal, que deveria contemplar IMPOSTO SOBRE GRANDES FORTUNAS, pode sair do Executivo, mas jamais passará neste Congresso da Idade Média que zé povinho elegeu depois das “manifestações” de junho de 2013. Assim como a única coisa que poderia dar um fim nesse sistema viciado, que é uma Reforma Política realmente abrangente. E a regulação da mídia também.

E aí a Rede Grobo começa uma “campanha cívica” com uma multidão de cachorros raivosos (com todo o respeito aos animais) e a sensação que fica é que a presidenta é que tem culpa de tudo, quando na verdade quem é indiretamente responsável por tudo isso é esse próprio zé povinho que vota nos Cunhas, Caiados, Calheiros e et caterva.

Muito, muito complicado. E assim pessoas como Cid Gomes acabam virando heróis só porque peitaram essa triste realidade das coisas – e seu discurso acabará voltando-se contra quem? A presidenta, é claro. E as pautas que realmente mudariam este país: REFORMA POLÍTICA, IMPOSTO SOBRE GRANDES FORTUNAS e REGULAÇÃO DA MÍDIA perdem impacto, sufocadas por essa histeria anticorrupção que não leva a nada.

Que coisa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: