CHIANÉLLICO COPEIRO – URUGUAI, TETRACAMPEÃO MUNDIAL DE FUTEBOL

4

24 de junho de 2014 por Lucas Rafael Chianello

Por Diogo Costa

Poucas pessoas conhecem a história da alcunha ‘Celeste Olímpica’, com a qual o mundo inteiro se refere hoje ao Uruguai. Há uma terrível injustiça histórica que até hoje, inexplicavelmente, persiste contra o nosso aguerrido vizinho do sul.

O Uruguai é conhecido no mundo inteiro como a Seleção Celeste Olímpica porque em 1924, nos Jogos Olímpicos de Paris, e em 1928, nos Jogos Olímpicos de Amsterdã, conquistou duas medalhas de ouro no futebol.

Antes de 1924 o futebol olímpico era disputado por seleções amadoras e até mesmo por clubes. Em 1924 e 1928 quem organizou a competição de futebol nas Olimpíadas foi a FIFA.

A Copa do Mundo de Futebol teve a sua primeira edição em 1930, mas antes da existência da Copa do Mundo os campeonatos de futebol olímpico de 1924 e 1928, repito, organizados pela FIFA, eram conhecidos e reconhecidos como Campeonatos Mundiais de Futebol.

A FIFA organizou e comandou o futebol olímpico somente em duas oportunidades, em 1924 e 1928. Nunca mais a FIFA comandou o esporte bretão em Jogos Olímpicos! Após 1928 o futebol olímpico passou a ser disputado por seleções amadoras, para não rivalizar com a recém criada Copa do Mundo. E desde então foi sempre comandado pelo Comitê Olímpico Internacional.

Por serem reconhecidos como Campeonatos Mundiais de Futebol, por terem sido organizados e comandados pela FIFA em 1924 e 1928 e por ter tido como legítimo campeão e bicampeão mundial de futebol o Uruguai, é que deveríamos reparar a injustiça histórica praticada contra o futebol uruguaio.

O Uruguai não é Bicampeão do Mundo, mas sim Tetracampeão Mundial de Futebol.

Tetracampeonato este conquistado em torneios oficiais comandados pela entidade máxima do futebol, que é até hoje a FIFA. E nem adianta dizer que eram ‘outros tempos’, etc…

As campanhas uruguaias nos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928 (a Seleção do Brasil não participou destes jogos de futebol) foram simplesmente espetaculares e irrepreensíveis.

Em 1924, 22 seleções nacionais disputaram o título de Campeão Mundial de Futebol e a excelente campanha do Uruguai confirmou-se pelas vitórias contra Iugoslávia, EUA, França, Holanda e, na final, contra a Suíça.

Em 1928, 17 seleções nacionais brigaram mais uma vez pelo título de Campeão Mundial de Futebol e o Uruguai fez outra campanha memorável, vencendo as seleções da Holanda, da Alemanha, da Itália e, na grande final, após empatar com a Argentina, venceu o jogo de desempate e sagrou-se Bicampeão Mundial de futebol.

Em 1924 e em 1928 os Campeonatos Mundiais de Futebol, já comandados pela FIFA, tiveram mais participantes do que nas Copas do Mundo de 1930, 1934, 1938, 1950, 1954, 1958, 1962, 1966, 1970, 1974 e 1978!

Sim, caros amigos e amigas, por tudo o que foi até aqui exposto o Uruguai merece, sem dúvidas algumas, ser reconhecido pela FIFA e por todos os amantes do futebol como um legítimo Tetracampeão Mundial.

Feito este que o colocaria, com toda a justiça do mundo, no mesmo patamar da Itália e atrás somente da Seleção Brasileira de Futebol.

A Celeste Olímpica, precursora do espetacular sucesso do futebol sul-americano, merece que se reconheça de uma vez por todas os Campeonatos Mundiais de Futebol de 1924 e 1928, ambos tendo o mesmo peso de uma atual Copa do Mundo.

Fotografia dos jogadores do Uruguai campeões dos Jogos Olímpicos de Paris, em 1924.

Fotografia dos jogadores do Uruguai campeões dos Jogos Olímpicos de Paris, em 1924.

Anúncios

4 pensamentos sobre “CHIANÉLLICO COPEIRO – URUGUAI, TETRACAMPEÃO MUNDIAL DE FUTEBOL

  1. Ótima informação.

    Teria como você nos dar mais detalhes sobre isso?

    Grande abraço, muito obrigado pelo prestígio.

  2. pedro disse:

    Meu caro Lucas, os títulos sao reconhecidos pela FIFA. O escudo da selecao uruguaia tem 4 estrelas. Abraco.

  3. […] Fotos tiradas do site Paixão Canarinha e Blog Chianéllico […]

  4. Hélio Rubens Alves de Sousa disse:

    Não tenho dúvidas que a seleção do Uruguai é quatro vezes capeã do mundo, a FIFA roubou essas duas conquistas da história da Celeste Olímpica, fatos como esse também aconteceram com o Vasco da Gama Bi Campeão do mundo em 1953 e 1957 e com o Palmeiras em 1950, vale lembrar que em 1948 o mesmo vasco também conquistou uma competição continental equivalente a taça libertadores da América.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: