O PRONUNCIAMENTO DE DILMA E O BRASIL DA DÉCADA DE 1990

Deixe um comentário

5 de janeiro de 2014 por Lucas Rafael Chianello

O Professor Emir Sader publicou na última sexta-feira no facebook: “Quem não vê diferenças entre o Brasil dos anos 1990 e o Brasil de agora, é quem considera que não há diferença entre esquerda e direita.”

No último dia 29, a Presidenta Dilma fez o seu último pronunciamento do ano em rede nacional. Uma parte daquele discurso diz muito a respeito deste que vos escreve: “Você jovem sabe o quanto seu padrão de vida melhorou, comparado ao que você tinha na infância e ao que seus pais tinham na sua idade”.

Realmente a Presidenta está certa. Eu não imaginava, quando criança, ter as condições materiais e políticas que tenho hoje.

Do ponto de vista de fatos públicos e notórios, eu realmente eu tenho saudade de muita coisa da década de 1990. O esquadrão tricolor paulista comandado por Telê e liderado por Raí, os títulos do Brasileirão de 1995, do Carioca de 1997 e do Rio-São Paulo de 1998 do Botafogo, corridas históricas da F-1 e da chamada Fórmula Mundial depois da cisão da Indy, os Cavaleiros do Zodíaco, as brincadeiras de rua com amigos que permanecem em contato comigo até os dias atuais, enfim, um sem número de ótimas lembranças.

Mas nosso país naquele tempo vinha mal. Estado sucateado, empresas públicas vendidas a preço de banana, salário mínimo aumentado em R$ 10,00 de 1998 para 1999 e aquele sufoco para sobreviver vendendo o almoço para comprar a janta.

Há muito a mudar e melhorar. Mas muito já melhorou. E quando olho para trás concluo que sinto saudades de grandes momentos que marcaram minha infância e adolescência, mas não tenho nenhuma saudade do país onde tudo aquilo aconteceu, pois o país de hoje é muito melhor.

Mas tem uma coisa nisso tudo. Eu não sou velho e já tem uma galerinha mais nova do que eu que não conhece as dificuldades daquela época e de certa forma reclama de barriga cheia. É interessante uma colocação do Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, também postada no facebook:

Acabo de trocar algumas palavras com um jovem que, como tantos hoje, vê a política pelo prisma da mídia de ultradireita e, assim, a demoniza.

Quer trocar os políticos que estão aí através de “reforma política”, mostrando que não sabe o que é, pois se soubesse saberia que reforma política não vai trocar políticos, mas as regras da política. 

E o pior: fala sobre “o estado em que está o país”.

Só sendo muito jovem e pouco informado. Esse garoto não se lembra de como era este país há uma mísera década. Por isso diz essas coisas.

Branquinho, cara de burguesinho, não tem noção de quanto quem mais precisa melhorou de vida. E fica despejando o produto disso por aí. 

Só quem não viveu uma ditadura pode avaliar a importância da política. 

Lula sempre diz às plateias jovens que se não gostam da política que entrem nela e mudem-na, melhorem-na. 

Precisamos, os que viveram essa história, fazer essa garotada entender que a alternativa à política é a ditadura. Enquanto ainda temos forças.

O maior valor que dou a democracia é saber da ditadura que antes existia no país. Se não fossem os que tivessem lutado nas gerações anteriores à minha, hoje eu não poderia votar de quatro em quatro anos no candidato que penso ser o melhor para presidir o país. Assim como é uma luta da minha geração que hoje milhões de pessoas saiam da pobreza e da miséria através dos programas sociais do Governo Federal.

Onde estão os professores de história e os quadros responsáveis pela formação política? A ditadura e a década de 90 precisa ser apresentada para a galerinha que está vindo depois de nós.

Enquanto brasileiro filho de operário, nada diz tanto respeito a mim quanto a este destaque sobre o que foi dito pela Presidenta em rede nacional no último dia 29. Vivemos em outro país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: