APÓS A BANDEIRADA: AINDA HÁ UM CAMPEONATO?

Deixe um comentário

28 de julho de 2013 por Lucas Rafael Chianello

Temos chances de que ainda tenha um campeonato. Vettel e Red Bull são o melhor conjunto? Sim. Mas estamos ainda na metade da temporada, as coisas podem mudar. A corrida de hoje mostrou que ainda há perspectivas. Boas e ruins.

Vitória na Hungria: a primeira de Hamilton pela Mercedes. Histórico.

Vitória na Hungria: a primeira de Hamilton pela Mercedes. Histórico.

Boas nos casos de Hamilton e Kimi. A Mercedes é um ótimo carro em classificações, começa a fazer frente a Vettel na obtenção de pole-positions. Se Hamilton conseguir emendar regularidade e vitórias, será o grande adversário de Vettel/Red Bull. A maior dificuldade é o mal desempenho da equipe com os pneus Pirelli.

Ao contrário da Mercedes, Kimi tem no baixo desgaste dos pneus seu maior trunfo. Mas é pouco. A equipe precisa melhorar no ritmo de classificação e impor mais respeito nas corridas. Falta algo mais.

Esses seriam, inicialmente, os fatores que precisariam melhorar nos casos da Lotus e da Mercedes para que Vettel seja alcançado. Caso não melhore, a tendência da Red Bull é manter a ótima constância de corridas e classificações. Vettel, quando não vence, pontua bem, garante seu lugarzinho no pódio. Há como reverter o quadro, mas a tarefa não é nada fácil. Logo, Vettel ainda é o favorito.

Sem querer rir da desgraça de alguém, mas sempre é engraçada uma crise na Ferrari. Parece briga de família italiana no almoço de domingo. Fato é que Alonso corre sozinho. Guardadas as devidas proporções, a diferença dele para Schumacher é que o alemão tinha um staff que o espanhol não tem. Após ter começado bem a temporada, não houve um desenvolvimento do carro e as coisas vão se tornando cada vez mais difíceis.

A visita do Papa ao Brasil fez com que o SporTV transmitisse a corrida de hoje. Segundo o comentarista botafoguense da emissora, Lito Cavalcanti, o ex-piloto David Coulthard teria noticiado uma insatisfação de Alonso, que teria ameaçado deixar a Ferrari de modo a se transferir para uma equipe que lhe proporcionasse brigar por vitórias e títulos. Webber sai no final do ano e o cockpit não está assim para Kimi como se pensava…

Agora, férias. Dia 25/08, parada na Bélgica, no mais legal dos circuitos: Spa Francorchamps. Será a instalação do circo nas terras onde nasceu Tin Tin que nos mostrará se Mercedes, Lotus e Ferrari definitivamente reagirão. E no caso da Ferrari, se não reagir, como lidará com uma iminente crise com o temperamento nada explosivo de Fernando Alonso nessas ocasiões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: