SANTA MARIA

Deixe um comentário

27 de janeiro de 2013 por Lucas Rafael Chianello

Sim, já corri, sem saber, muito risco com meus amigos nas nossas noitadas poçoscaldenses. Sim, já corri muitos riscos em bailes e festas com a namorada.

Enquanto as tais “festas raves”, um dos excrementos de nosso tempo, são caracterizadas pelo uso indiscriminado de drogas em “lugares distantes da civilização”, ninguém sai nos finais de semana para morrer queimado em noitadas. Os empresários da diversão oferecem as mais variadas bebidas e as maiores variações desta porcaria que é a tal música eletrônica. Variação o caralho, pois bate estaca é tudo a mesma merda.

Como escreveu o Flavio Gomes estes dias no seu blog, o mais desgraçado mantra da humanidade é o tal “vencer a qualquer custo”. É dentro desta perspectiva que lucram os empresários da diversão: vale qualquer coisa para se obter o mais rápido possível um alvará de funcionamento. Finge-se que o estabelecimento é seguro para que se expeça um alvará fingido e todos, sem exceção, fingem que não veem irregularidades. Todavia, porém, entretanto, as tragédias infelizmente são verdadeiras.

O que mais dizer?

O que mais dizer?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: